Quarta, 08 de Dezembro de 2021 09:47
(44) 99859-9500
Dólar comercial R$ 5,61 0%
Euro R$ 6,33 0%
Peso Argentino R$ 0,06 +0.041%
Bitcoin R$ 290.240,75 -3.739%
Bovespa 107.536,7 pontos +0.63%
Economia Paraná

Paraná BX aumenta conexões e abre novos caminhos para empresas do Estado

Após dois dias de apresentações de seis segmentos da indústria e sete municípios do Estado, participantes da missão paranaense avaliam a experiênci...

15/10/2021 12h25
123
Por: Nelson Lima Fonte: Secom Paraná
© Governo do Paraná
© Governo do Paraná

Seis dias dedicados a negócios e troca de experiências, trinta palestrantes e moderadores, mais de 250 inscritos, apresentação de seis segmentos da indústria e sete municípios do Estado, ummarketplace digitalque servirá de vitrine do potencial produtivo do Paraná para todo o mundo. Estes são alguns dos fatos que resumem os resultados da missão técnica-comercial Paraná Business Experience, que levou mais de 50 empresas paranaenses para fazer negócios em Dubai. 

O evento, que contou com apoio do Governo do Estado, foi realizado paralelamente à participação do Paraná no Pavilhão Brasil da Expo Dubai 2020, a maior feira internacional do mundo, entre os dias 10 e 16 de outubro. Na missão, o Paraná apresentou sua vocação nas áreas dealimentos e bebidas,indústria automotiva, bem-estar, papel, madeira e celulose, infraestrutura, tecnologia e inovação a investidores e compradores de países como Egito, Síria, Líbano, Turquia, Itália, Jordânia e dos Emirados Árabes Unidos.

“O Paraná concretizou os objetivos de sua missão em Dubai. Mostramos ao mundo nosso potencial e nossa seriedade para fazer negócios, e apresentamos nosso potencial turístico, que se estende de Leste a Oeste, do Litoral às Cataratas do Iguaçu. Voltamos para casa com a expectativa de novas oportunidades que devem se concretizar nos próximos dias”, afirmou o governador Carlos Massa Ratinho Junior. 

Com o fim do evento, os participantes retornam não apenas com a experiência adquirida no encontro, mas também com dezenas de negócios iniciados no Oriente Médio e que terão continuidade no Brasil ao longo das próximas semanas.

Para o superintendente da Paraná Metrologia, Celso Romero Kloss, o Paraná Business Experience superou todas as expectativas. “O encontro promoveu grande interação entre os diferentes setores produtivos do nosso Estado e que, com certeza, geraram grandes oportunidades de negócio”, disse.

“Todos os estrangeiros participantes do Paraná BX ficaram impressionados com a força do nosso Estado — tanto que a Câmara de Comércio de Dubai nos pediu uma lista reunindo ocontato das empresas que participaram da missão, pois fazem questão de marcar reuniões com todos os setores”, completou o diretor-presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin.

Ele contou, ainda, que os participantes pediram que este formato de evento seja realizado mais vezes. “A ideia é que o BX seja realizado a cada dois anos para que se possa reunir o setor produtivo do Rstado e manter um constante diálogo com investidores de outros países”, afirmou.

NEGÓCIOS– O consultor de comércio exterior Monroe Olsen, da rede Monroe Olsen, disse que a missão deu à empresa a oportunidade de apresentar os ativos que representa para grandes fundos de investimento. “Sem falar nas possibilidades de networking com os membros da comitiva que igualmente renderam excelentes resultados. Estes encontros não teriam sido possíveis sem a presença e o apoio do Governo do Estado, da Invest Paraná e do LIDE Paraná”, destacou.

“Conseguimos agenda com o Egito para apresentar os nossos produtos e estamos muito otimistas em relação à continuidade dessas negociações”, acrescentou o responsável comercial da Cooperativa Integrada Agroindustrial, Samuel Tomaz da Silva.

O objetivo inicial do diretor comercial dos Terminais Portuários da Ponta do Félix (TPPF), Sérgio Nichelle, era desenvolver relações de comércio exterior com países do Oriente Médio e da África, mas o olhar caseiro também esteve presente.

“Nos reunimos com investidores árabes, interessados em negócios de infraestrutura, e com potenciais compradores de commodities do Brasil. Mas, além disso, conseguimos desenvolver parcerias com empresas do próprio Estado, que não conhecíamos tão bem e que na missão tivemos oportunidade de nos aproximar”, contou.

O CEO da Profills do Brasil, José Rafael Prachedes, também viu na missão uma oportunidade para fortalecer seu relacionamento com o mercado interno. “Por meio da interação pudemos descobrir qual seria as principais dores de alguns setores da indústria, que sentem dificuldade de se ranquear nas gôndolas, colocar o produto nos mercados. Sinto que vamos desenvolver parcerias muito interessantes em um futuro próximo”, declarou.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico e Agricultura de Toledo, Diego Bonaldo, a missão foi uma oportunidade de aprendizagem. A cidade do Oeste tem omaior Valor Bruto da Produção Agropecuária do Estado.

“Além de termos tido a chance de apresentar todas as potencialidades que o nosso município oferece, e de poder acompanhar de perto tudo o que o Governo do Estado está fazendo neste campo, estar inserido em um cenário totalmente diferente do nosso abre muitas possibilidades. Aprendi com essa experiência que um investimento bem direcionado tem um grande poder de transformação”, contou.

“Os contatos de agora vão gerar estudos, logísticos e de capacidade financeira, por exemplo, que vão resultar em negócios. A oportunidade de estarmos aqui, com a presença do Governo do Estado vai com certeza gerar frutos. E a expectativa é de que, em breve, Dubai se torne um entreposto ainda mais importante para os nossos negócios, um distribuidor regional para outros países da região, favorecendo a ampliação dos nossos negócios", disse o representante do Sistema Ocepar, Luiz Lourenço.

O evento, que contou com apoio do Governo do Estado, foi realizado paralelamente à participação do Paraná no Pavilhão Brasil da Expo Dubai 2020. Foto: Governo do Paraná

TECNOLOGIA TUPINIQUIM– O CEO da startup Robô Laura, Cristian Rocha, afirmou que os países árabes têm muito interesse em tecnologia e que as soluções de inteligência artificial para a área da saúde ganharam extrema relevância por conta da pandemia de Covid-19. “Após a nossa apresentação no Paraná BX, já fomos procurados por quatro grupos estrangeiros, entre eles um dos maiores centros de saúde de Dubai para implementar a Laura por aqui”, revelou. 

Rocha disse ainda que os investidores com quem conversou ficaram impressionados com a tecnologia do Estado. “Uma tecnologia totalmente tupiniquim, feita no Paraná e que temos um prazer muito grande de poder levar para fora. Certamente, teremos mais agendas aqui e provavelmente teremos que voltar outras vezes para Dubai. E isso não aconteceria se não tivéssemos tido este evento e o apoio do governador”, completou.  

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Altônia - PR
Atualizado às 09h46 - Fonte: Climatempo
24°
Tempo aberto

Mín. 15° Máx. 33°

24° Sensação
23.4 km/h Vento
37.4% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (09/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 14° Máx. 34°

Sol
Sexta (10/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 35°

Sol
Ele1 - Criar site de notícias