Sábado, 24 de Julho de 2021 04:25
(44) 99859-9500
Colunistas Escolhas

Ser feliz depende das escolhas que fazemos

Dalva Brischiliari escreve que para conquistar a felicidade precisamos saber fazer as escolhas corretas.

24/05/2021 09h07
176
Por: Dalva Brischiliari
Para conquistar a felicidade precisamos saber fazer as escolhas corretas.
Para conquistar a felicidade precisamos saber fazer as escolhas corretas.

 

Ser feliz depende das escolhas que fazemos

Colunista Dalva Brischiliari - Coluna Life Coach

Diariamente somos levados a fazer as mais variadas escolhas. Desde opções banais tais como a roupa que vamos vestir até o que faremos de nosso futuro. Algumas dessas escolhas são extremamente singelas e outras, de grande relevância.

Em muitas ocasiões, é claro, nosso poder de opção fica limitado às condições financeiras, sociais e até físicas de que dispomos. Porém, em linhas gerais, temos o poder para imprimir na nossa existência o padrão de felicidade ou de aflição com o qual desejamos conviver.

A liberdade é Lei da vida, que faz parte do concerto da harmonia no existir. Somos o que de nós próprios fazemos, movimentando-nos no rumo que elegemos. A busca da felicidade é uma meta comum entre todos os seres humanos. Todos almejamos, de alguma forma, alcançá-la.

Cada ser a idealiza de modo diferente dos demais. Para alguns a felicidade é ter uma família. Para outros é estar sadio e sentir-se bem. Ou ainda, é confundida, por alguns, com conforto material.

Na realidade, sabemos que a felicidade verdadeira não é deste mundo, como nos ensinou Jesus. Temos consciência de que só alcançaremos o estado de plena felicidade quando atingirmos a perfeição relativa a que estamos destinados, mas que ainda isso é algo distante de nossa atual condição.

Porém, almejar a felicidade, mesmo que relativa, é algo natural e que nos impele ao crescimento. Podemos e devemos ser felizes, embora ainda estejamos estagiando em um planeta de provas e de expiações. Temos liberdade de escolha para isso.

Se nos encontramos atrelados as aflições e sofrimentos cabe-nos persistir no caminho do bem, sem esmorecermos. A dificuldade de agora é o efeito da insensatez do passado. Situações infelizes alteram-se para melhor. Não nos é conveniente entregarmo-nos à tristeza, à ociosidade, aos queixumes.

Aquele que prefere sofrer tem liberdade para esta experiência até o momento em que se decida optar pelo bem-estar verdadeiro. Desse modo, não devemos transformar incidentes de pequena monta, coisas e ocorrências corriqueiras em tragédias.

Ninguém tem o destino do sofrimento. A dor é o resultado da ação negativa do passado, próximo ou não, jamais uma causa. Façamos uma avaliação honesta da nossa existência, sem consciência de culpa, sem dramas desculpista.

Avaliemos se nossos atos, nossas escolhas de agora, serão motivos de sofrimento mais adiante. Vejamos como estamos nos comportando perante o mundo e perante nós mesmos, sob o pretexto de alcançarmos a felicidade.

Ser feliz, ou não, também é uma opção que nos é dada diariamente. Resta-nos, apenas, analisarmos objetiva e sinceramente se nossas escolhas são legítimas e justas.

Afinal, não há como ser feliz às custas de dores e de angústias alheias. Pois, por certo, mais dia, menos dia, esse tipo de situação inevitavelmente causará o nosso próprio sofrimento.

Somos livres para semearmos o que bem nos aprouver, conscientes, no entanto, de que estaremos uma hora sentados para o banquete de consequências de escolhas que fizemos. Então é hora de analisar bem o que temos escolhido e aí sim saberemos se os frutos serão bons ou ruins quando chegar a colheita do que plantamos ao longo da vida. Então façamos escolhas para o nosso bem, o bem do nosso próximo e acima de tudo o bem do planeta de modo geral. Resumindo, o que escolhermos hoje é que dirá se seremos felizes no futuro ou não. 

Muita luz e muita paz.

Dalva Brischiliari

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Dalva Brischiliari
Sobre Dalva Brischiliari
Dalva dos Santos Brischiliari é Life Coach, Palestrante e Terapeuta holística. Atua com Terapias Integrativas como Barras de Access Consciousness, Eneagrama e Reiki. É Professora de Magistério, formada em Teologia e Filosofia. Atende em seu Consultório na Travessa 15 de Janeiro número 70, atrás da Rodoviária em Altônia. Contato pelo 44 9 9136-2633.
Altônia - PR

Altônia - Paraná

Sobre o município
A história do município iniciou em 1953 com a Companhia Byington de Colonização Ltda. Esta empresa rasgou a extensa e impenetrável floresta e foi responsável pelo grande progresso da região. Deus tem um projeto magnífico para essa terra, não apenas por causa da oração dos pioneiros, mas especialmente pela maneira como os trouxe para cá, vindos dos Estados Unidos através da COLAB e Betânia. Na atual administração está o Prefeito reeleito Claudenir Gervasone e o Vice-Prefeito Claudemir Caetano.
Altônia - PR
Atualizado às 04h16 - Fonte: Climatempo
12°
Poucas nuvens

Mín. 12° Máx. 27°

12° Sensação
19.5 km/h Vento
38.8% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (25/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 15° Máx. 28°

Sol com algumas nuvens
Segunda (26/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 26°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias