10°C 13°C
Altônia, PR
Publicidade

Secretaria da Saúde vai incentivar adesão a programa que agiliza exames e consultas especializadas

Reunião com 22 diretores das regionais de saúde esclareceu sobre implantação do Programa Mais Acesso a Especialistas (PMAE), que prevê adesão dos ...

06/07/2024 às 10h26
Por: Nelson Lima Fonte: Secom Paraná
Compartilhe:
Foto: SESA-PR
Foto: SESA-PR

A Secretaria da Saúde (Sesa) reuniu os diretores de suas 22 regionais para incentivar a adesão de municípios ao Programa Mais Acesso a Especialistas (PMAE), que pretende reduzir o tempo de espera por cirurgias, exames e tratamentos especializados no Sistema Único de Saúde (SUS).

A reunião, nesta sexta-feira (05), na sede da Secretaria em Curitiba, foi conduzida pelo secretário da Saúde, Cesar Neves, com a presença do secretário de Atenção Especializada do Ministério da Saúde (MS), Adriano Massuda. Ele esclareceu dúvidas sobre a implantação do novo programa do Governo Federal, criado para ampliar e qualificar o cuidado, além de reorganizar o acesso à Atenção Especializada (AE)

“O foco principal é tornar o acesso do paciente às consultas e aos exames especializados mais rápido e assertivo, reduzindo a quantidade de lugares a que ele precisa ir. Também integra exames, consultas e acompanhamento da saúde durante o processo, otimizando e concentrando a jornada do usuário do SUS em toda Rede de Atenção à Saúde”, disse o secretário de Saúde, Cesar Neves.

A Sesa vem realizando discussões tanto internas quanto junto ao Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Paraná (Cosems) para alinhamento das estratégias e elaboração dos Planos de Ação Regionais (PAR).

Continua após a publicidade

“Este plano necessita da adesão e implementação dos municípios paranaenses, por isso, essa reunião com a presença dos diretores das 22 Regionais de Saúde é muito importante, pois eles precisam ser os principais incentivadores sobre a adesão deste importante programa para Atenção Especializada em Saúde”, completou o secretário.

De acordo com o secretário da pasta Federal, Adriano Massuda, o programa traz a possibilidade de expandir a oferta de consultas e exames de forma integrada, organizando a fila de procedimentos cirúrgicos.

“Essa é a oportunidade de levar mais acesso à AE, que hoje é um gargalo do SUS no Brasil inteiro. Temos a possibilidade de construir isso com inovação. A expectativa é de que muito em breve, tenhamos uma excelente parceria com o Paraná e um belo plano para a Atenção Especializada, que irá beneficiar toda a população paranaense”, disse.

CUIDADO INTEGRADO– O PMAE propõe uma mudança na lógica de financiamento da atenção especializada por meio da Oferta de Cuidados Integrados (OCIs), que agregam um rol de consultas e exames, em cinco especialidades: Otorrinolaringologia, Ortopedia, Oncologia, Cardiologia e Oftalmologia. Além de centralizar o acesso ao diagnóstico, propõe também um financiamento maior do que o atualmente praticado pelo SUS.

Continua após a publicidade
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Altônia, PR
Tempo nublado

Mín. 10° Máx. 13°

Sensação
2.85km/h Vento
93% Umidade
100% (1.02mm) Chance de chuva
07h17 Nascer do sol
06h04 Pôr do sol
Dom 15° 10°
Seg 18°
Ter 20° 13°
Qua 24° 15°
Qui 28° 17°
Atualizado às 01h01
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 333,552,53 +0,62%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias